Talvez você não saiba, mas primeiro de novembro é o Dia dedicado mundialmente ao veganismo.

Conforme definição da ONG Seja Vegano, “o veganismo é uma forma de viver que busca excluir, na medida do possível e do praticável, todas as formas de exploração e de crueldade contra animais, seja para a alimentação, para o vestuário ou para qualquer outra finalidade.

Os veganos praticam uma dieta baseada em vegetais, livre de todos os alimentos de origem animal, como: carne, laticínios, ovos e mel, e também de produtos como o couro e qualquer outro testado em animais.

As dificuldades começam aí. Não há notícia de produtos, como creme dental que não tenha sido testado em cobaias. Mas não é só isso.

Segundo Jesús Román, presidente da Sociedade Espanhola de Nutrição e Ciências da Alimentação, em entrevista à BBC, “a dieta vegana é complicada e deve ser adotada com conhecimentos suficientes”. Segundo ele, quando um grupo de alimentos é eliminado, neste caso todos os alimentos de origem animal, há uma série de nutrientes que são muito difíceis de se obter comendo apenas verduras.

Entre eles, alguns nutrientes são fundamentais para a saúde bucal, como a vitamina A, ligada à saúde das mucosas, como a gengiva. A vitamina D é fundamental para a absorção do cálcio, que vai formar e fortalecer os dentes. A vitamina E, combate o envelhecimento das células e a K evita sangramentos, pois atua na coagulação.

O que pode fazer falta em uma dieta sem alimentos de origem animal:

Vitamina B-12
Para que serve: 
Ajuda a construir e manter saudáveis os músculos, os órgãos, a pele e os ossos.
Como repor: Incluindo na dieta determinados produtos como frutas secas, sementes, produtos à base de soja, legumes, lentinhas e grãos em maior quantidade.

Ferro, cálcio e ácidos graxos Ômega-3
Para que servem: 
O ferro é vital para a energia e para o correto funcionamento dos glóbulos vermelhos.
Como repor: comendo grandes porções de folhas verdes escuras, cereais integrais, feijão ou ervilha, lentilha, cereais enriquecidos e frutas secas. Para aumentar a absorção de ferro, recomenda-se também comer alimentos ricos em vitamina C, como repolho, tomate, brócolis, morangos e limões.

Cálcio
Para que serve:
 é importante para manter os ossos e dentes fortes.
Como repor: Utilizar leite de soja ou suco de frutas, cereais ou mesmo tofu com adição de cálcio.Folhas verde-escuras, como brócolis e couve, também contêm cálcio, mas sozinhas não são suficientes para suprir a necessidade de cálcio do organismo.

Ácidos graxos ômega-3:
Para que serve:
 ajudam a promover o tecido saudável, o desenvolvimento do olho e do cérebro, e a saúde cardiovascular.
Como repor: Sem ovos ou peixes na dieta, a recomendação é buscar produtos enriquecidos com ácidos graxos ômega-3. Mas, segundo especialistas, talvez seja preciso ingerir um suplemento nutricional para suprir essa carência.

Especialistas recomendam que os adeptos da dieta vegana se submetam a exames de sangue regularmente para determinar se há carência de algum nutriente em especial.

E você, o que pensa sobre o veganismo?