A ANS avalia anualmente o desempenho das operadoras de planos odontológicos e de saúde. O IDSS, criado há 12 anos, é uma das principais iniciativas desenvolvidas pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) para o estímulo à qualidade dos planos de saúde.

Trata-se de uma ferramenta importante para que você possa exercer seus direitos como consumidor

O Índice de Desempenho da Saúde Suplementar (IDSS), varia de zero a um. É calculado a partir de indicadores definidos pela ANS, distribuídos em quatro dimensões: Qualidade em Atenção à Saúde, Garantia de Acesso, Sustentabilidade no Mercado e Gestão de Processos e Regulação.

Pertencem ao Sistema Uniodonto 95% das operadoras de planos odontológicos melhor avaliadas pela Agência Nacional de Saúde Suplementar, a ANS .

Uniodonto conquista excelente avaliação

Das 42 operadoras de planos exclusivamente odontológicos que conquistaram Alto Índice de Desempenho em Saúde Suplementar conforme classificação da Agência Nacional de Saúde Suplementar, 39 são Uniodontos.

Isso significa que o Sistema Nacional de Cooperativas Uniodonto detém 95% do melhor posicionamento no ranking do Índice de Desempenho da Saúde Suplementar (IDSS 2017 — ano-base 2016) divulgado anualmente pela Agência Nacional de Saúde Suplementar.

O excelente posicionamento das cooperativas no ranking Uniodonto não se altera mesmo levando-se em conta o porte das operadoras. Apenas 31 operadoras de pequeno porte, com até 19.999 beneficiários conquistaram IDSS acima de 0,9, dessas 29 pertencem ao Sistema Nacional Uniodonto.

No caso das operadoras de médio porte, ou seja, que possuem em sua carteira de 20 mil a 99.999 mil beneficiários, 26 ao todo no país. Dessas, dez obtiveram IDSS igual ou superior a 0,9, todas que integram o Sistema Uniodonto obtiveram.

Em relação às operadoras de grande porte, apenas a Uniodonto de Campinas obteve IDSS superior a 0,9, alcançando o mais alto quadrante. Nenhum outro plano odontológico de grande porte, com 100 mil beneficiários ou mais, conquistou esse resultado no índice da ANS.

Os quatro aspectos dos planos que são avaliados pela ANS:

Qualidade em atenção à saúde: é o conjunto de ações em saúde que contribuem para o atendimento das necessidades dos beneficiários, com ênfase nas ações de promoção, prevenção e assistência odontológica prestada;

Garantia de acesso: condições relacionadas à rede assistencial que possibilitam a garantia de acesso, abrangendo a oferta de rede de prestadores;

Sustentabilidade no mercado:monitoramento da sustentabilidade da operadora, considerando seu equilíbrio econômico-financeiro, passando pela satisfação do beneficiário e compromissos com prestadores;

Gestão de processos e regulação:afere o cumprimento das obrigações técnicas e cadastrais das operadoras junto à ANS.

O registro na ANS é exigido de todas as empresas que comercializam planos de saúde e odontológicos no Brasil.