A Uniodonto Vales do Taquari e Rio Pardo reage aos desafios de 2020 com um sorriso no rosto. O vice-presidente da Uniodonto VTRP, Irno Augusto Pretto, avalia o cenário atual. Ele também é presidente da Federação das Uniodontos do RS e diretor do ramo da saúde no Conselho de Governança e diretor técnico sindical do sistema Ocergs/Sescoop/RS. “Este foi um momento em que o colega sentiu a força e a solidariedade do cooperativismo e o quanto é importante fazer parte de uma cooperativa.”

As adversidades não foram poucas. De um lado, em três meses, a queda de 30% na produção dos associados, com consequente diminuição da renda. De outro, a oneração dos custos, com a disparada nos preços dos equipamentos de proteção individual (EPIs). Diante desse quadro, a Uniodonto comprou jalecos, máscaras, propés e protetores faciais para distribuir aos cooperados e atenuar os gastos. Também calculou a média mensal de 2019 e, quando necessário,  fez esse repasse mensal como adiantamento à futura produção. Pretto salienta que o apoio da Uniodonto gerou uma grande aproximação entre cooperados e instituição de saúde, o que deu ânimo para seguirem em frente, apesar de todas as incertezas. “A principal lição que tudo isso nos deixa é que o cooperativismo é solidário e, independentemente do momento pelo qual venhamos a passar, a cooperativa estará sempre comprometida com o seu associado e a comunidade onde está inserida.”