Além da saúde pública, a Pandemia de Coronavírus trouxe impactos importantes para a economia. Como forma de apoiar os cirurgiões-dentistas cooperados no enfrentamento dos efeitos da Pandemia, a Uniodonto Londrina adotou uma série de iniciativas que representaram um auxílio extraordinário para os cirurgiões-dentistas cooperados.

Dos 130 profissionais cooperados, cerca de 90%, que representam o contingente de cirurgiões-ativos no período mais crítico da pandemia,  foram beneficiados pelas medidas adotadas.

Para dar respostas ao aumento no preço de equipamentos de proteção individual e insumos, a Uniodonto Londrina bonificou os cirurgiões-dentistas cooperados em R$ 10,00 por consulta realizadas durante um período de 90 dias. O total do investimento da Cooperativa foi da ordem de R$ 40 mil. O ciclo de auxílio extraordinário aos cooperados para a aquisição de equipamentos de proteção individual – EPIs, foi encerrado no mês de setembro.

“Inicialmente, nossa intenção era a de fazer a entrega mensal de EPIs, mas devido escassez e custo elevado desses suprimentos, observamos grande dificuldade na aquisição.”, conta o Diretor-Presidente da Uniodonto Londrina, Dr. Marcelo Faneco Fontana. “Como lição da Pandemia, acreditamos que parte dos EPIs que passaram a ser utilizados nesse período, como face shields, propés, aventais descartáveis, serão incorporados definitivamente na rotina dos consultórios”, comenta o dirigente.

“Houve uma leve redução no número de atendimentos, principalmente entre abril e junho, no período da pandemia. Os próprios cooperados resistiam a atender. A partir de julho, o número de consultas foi se elevando e, atualmente, a Cooperativa já atingiu o nível histórico.”, observa Dr. Marcelo. A Uniodonto Londrina conta com uma base de 18 mil vidas.

Entre as medidas para atenuar o impacto da crise, a Cooperativa provisionou no orçamento de 2021, o pagamento integral da anuidade do Conselho Regional de Odontologia para todos os cooperados. A ação, que deve receber um investimento de cerca de R$ 65 mil por parte da Cooperativa,  foi aprovada pelo Conselho de Administração da Uniodonto Londrina.

“Com essas medidas, a Uniodonto demonstra de modo bastante prático por o cooperativismo se difere de outras modalidades de planos odontológicos na relação com o cirurgião-dentista. Nossos cooperado foram apoiados em um momento de grandes desafios. E esse é o papel de uma sociedade cooperativa”, reflete Dr. Marcelo.

Seguro

E o fomento proporcionado pela Uniodonto Londrina à atividade dos cooperados não para por aí. Em outubro, a Cooperativa passará a oferecer apólice do seguro de responsabilidade civil para todos os cirurgiões-dentistas que atuam na Cooperativa. “A adesão ao seguro é indispensável. É uma forma de fazermos frente à crescente judicialização do atendimento odontológico. Sabemos que as cooperativas têm responsabilidade solidária na ocorrência desse tipo de ação”, afirma.