O estímulo à inovação através da aproximação entre cooperativas e startups vai trazer vantagens para os dois lados.

O lançamento do Desafio Goiás Coop de Inovação 2020 aconteceu no último dia 29 de setembro, junto com a inauguração do Espaço Inovacoop Goiás, no edifício Goiás Cooperativo, um local de inovação e colaboração com mais de dez ambientes, entre salas reservadas, auditório e espaço comum para trabalho cooperativo e convivência. Essas ações fazem parte de um projeto lançado pelo sistema OCB/GO para aproximar cooperativas, startups e o mercado.

Startups de todo país podem concorrer aos seis desafios lançados, três para cooperativas do segmento agropecuário e três para o segmento da saúde. Os prêmios variam de cinco a dez mil reais, mas as empresas ganham também a oportunidade de estabelecer contato com as cooperativas que participarão de forma direta ou indireta do evento. Na área da saúde os desafios são:desenvolver a telemedicina e a teleassistência; possibilitar a realização de compras coletivas e desenvolver a gestão eletrônica de documentos e atender as normatizações da LGPD, a Lei Geral de Proteção de Dados.

É sempre bom lembrar que na Odontologia, a teleconsulta e teleprescrição ainda não são permitidas, mas a Resolução 226/2020 do Conselho Federal de Odontologia regulamenta a teleinterconsulta, telemonitoramento e teleorientação.

A avaliação das empresas será feita em duas etapas. Uma primeira logo após as inscrições realizada pela própria organização do desafio, e uma segunda no dia 19 de novembro, realizada por uma banca temática por ramo, que avaliará as soluções pela apresentação no estilo “pitch”, via videoconferência. A classificação será feita a partir dos seguintes critérios: adequação da solução; solução inovadora e diferencial competitivo; viabilidade do modelo de negócio; equipe e adequação ao modelo de negócio cooperativista.

O Dr. Fábio Prudente, Presidente da Uniodonto Goiânia, participou deste projeto ainda na sua concepção quando da elaboração do planejamento estratégico da OCB-GO, e agora fará parte da banca que avaliará as Startups do ramo da saúde. Dr. Fábio explica quais as vantagens para as cooperativas dessa aproximação com as startups.

“Nós tivemos a oportunidade de beber da fonte porque estávamos presentes no planejamento estratégico da OCB e os dois desafios que sugerimos foram atendidos. Iniciativas como essa do Desafio Goiás Coop de Inovação estimulam não apenas o mercado das startups e surgimentos de soluções inovadoras, mas também colocam o cooperativismo e o seu ecossistema no circuito das inovações tecnológicas. Como entidades de negócios, as cooperativas são um mercado promissor para o consumo de produtos e serviços que otimizem seus processos, gerem economia de recurso e contribuam com a sustentabilidade da cooperativa em si e de seus cooperados. Com esse estímulo ao surgimento e desenvolvimento de players de tecnologia de menor porte, as cooperativas podem ter acesso à inovação por valores coerentes com sua realidade econômica, as startups ganham acesso a um mercado promissor e todos saem beneficiados”, afirmou Dr. Fábio Prudente.

Acompanhe o vídeo sobre a visita do presidente da Uniodonto Goiânia, dr. Fábio Prudente, ao Espaço Inovacoop na sede da OCB – Goiás.