Em reunião realizada dia 17 de novembro, o CTO promoveu atualizações importantes nas regras de Intercâmbio do Sistema Uniodonto. Por meio da Instrução 107/20 firmou posição no sentido de aprimorar as auditorias eletrônicas dos atendimentos de Intercâmbio.

Manteve a Instrução 103 que prevê cobranças pela câmara de compensação através do envio dos relatórios de cobrança e encaminhamento das GTOs digitalizadas, pela ferramenta UFAST, em alternativa às GTOs físicas.

Outra decisão importante é que a partir de 1º de maio de 2021, os tratamentos de dentística restauradora deverão ser cobrados acompanhados de imagens iniciais e finais de restaurações e facetas, como forma de aferir qualidade e necessidade de indicação dos procedimentos.

“É fundamental que todos do Sistema Uniodonto fiquem atentos à divulgação da íntegra da Instrução.”, salienta o Diretor Vice-Presidente de Administração e Finanças da Uniodonto do Brasil, Dr. Adalberto Baccarin.